segunda-feira, dezembro 31, 2007

Adeus ano velho, Feliz Ano Novo !!!


Esse ano de 2007 foi no mínimo diferente para nós aventureiros, foi um ano desgastante fisicamente e mentalmente, mas foi um ano de muitas conquistas. Muitas coisas que plantamos em 2005 e 2006 colhemos nesse ano de 2007. Em 2007 percebemos como somos queridos e como somos cercados de pessoas maravilhosas. Obrigado a todos que nos acompanham por esse blog, por ligações ou e-mail.


Esse é o momento do ano onde todos fazem o balanço do que passou e os planos para o futuro, então boa sorte nos planos, mas cuidado, como diz a história o que você sonha pode se tornar realidade.

Que venha 2008.

Um grande abraço a todos e um feliz 2008.

Parabéns e obrigado !!!


Hoje esse blog é simplesmente para agradecer.
Primeiro a Deus por ter enviado há dois anos atrás esse anjo chamado Eduardo, conhecido mundialmente como Dudu. Segundo a mãe dele, por ter sido o "meio de transporte" desse anjo, em terceiro a mim mesmo, por ter dado minha pitada (sem trocadilhos ehehe) na receita.
Hoje Dudu, campeão como eu o chamo, completa 2 anos. São 2 anos de muita alegria pra nós, ele é aquela criança que todo mundo quer por perto, é o boa praça, o simpático, o alegre, o brincalhão, o gaiato, o palhaço, mau humor só em caso de fome ou sono, senão é diversão na certa. Nesses dois anos cada dia foi uma descoberta. A brincadeira começa antes do parto, a gente especulando como ele seria, vai ter a boca de quem, o nariz, os olhos, ele esperto escolheu o melhor de cada um, por isso é tão bonito. Ai chegou o parto, dai para frente é pra valer. Ele sapeca escolhe nascer no ultimo dia do ano, a vovó Regina que já estava programada pra chegar dois dias depois se aperreou em Teresina para arrumar vôo para Brasília.
Nasceu e agora? Agora é só alegria, o primeiro banho (dado pelo pai), a amametação, os primeiros sólidos, as vacinas, o primeiro corte de cabelo... Aos seis meses quando ele sentou e passou a interagir mais com a gente você pensa, "vou congelar esse menino agora, que tá bom demais". Graças a Deus você não pode fazer isso, porque perderíamos muitas coisas maravilhosas que estavam para acontecer. Depois vieram os primeiros passos, aquele bebezinho minúsculo, cresceu e começa a andar, é muito legal, depois vieram as primeiras palavras que por acaso foram "Papai te amo você eh demais" :-) Depois vieram as primeiras palavras em Inglês. É tudo muito gostoso. Ouvi-lo dizer "Basiu" (Brasil) parecendo um gringo é bom demais. Você chegar na creche para pegá-lo e todas as crianças sabem quem é papai, ele ensinou a todos lá, papai é a palavra em português mais falada no Canadá.
Agora ele está na melhor fase dele (o bom é isso a fase atual é sempre a melhor) tá palhaço, conversador (não importa a língua), ele sabe o momento de ficar quieto e o momento de
reclamar. Mas nem tudo é calmaria, depois dos 18 meses vem uma das fases mais difíceis, a fase considerada como primeira adolescência, ele quer ser independente, comer só, escolher a roupa, escolher a comida,... É a fase onde os pais perdem a cabeça mais rapidamente porque vem junto os escândalos por qualquer coisa. O meu método para evitar perder a cabeça e manter o controle é pensar que estou podendo viver aquela situação é primeiro que eu sou um adulto e ali na minha frente está uma criança que depende de mim, segundo que existe uma criança em casa com saúde que quer mexer em tudo e bagunçar tudo, não existe coisa pior do que ter seu filho doente sem querer comer ou brincar; depois que existem muitos casais que queriam ter um filho para viver tudo isso e não podem.
Criar um filho não é fácil, a luta tá apenas começando, mas cada momento vivido ao lado dele, cada lição ensinada a ele e aprendida com ele vale muito a pena. Só adimirá-lo dormindo como na foto a cima aos 8 meses já enche o coração de orgulho.
Um grande beijo Dudu e parabéns campeão.
Dudu em seus longos 2 anos:


quarta-feira, dezembro 26, 2007

Promoção do Dia


A palavra mais ouvida por aqui essa semana é "Boxing", usados da seguinte forma: "Boxing Day" ou "Boxing Week". Elas são usadas para indicar "promoção", no caso, "Boxing Day" significa: "dia da promoção" e "Boxing week" significa: a "semana da promoção". A intenção das lojas é vender o que não foi vendido no período do Natal. O fato é que isso causa uma comoção enorme por aqui. TODO mundo fica louco para ver os flyers (panfletos) das lojas. É tanto que hoje, Boxing Day, dia 26 de dezembro, é feriado... Acreditem!!
A maioria das lojas realmente faz promoção com descontos excelentes. É possível comprar com preço promocional através dos sites de algumas lojas, as de eletrônicos e eletrodomésticos principalmente, mas a regra é mesmo ter que ir na loja. Não precisa dizer que as filas nas lojas são enooooornes, tem gente que vai de madrugada para a porta da loja para esperar ela abrir. Que tipo de loja faz promoção? TODAS! Loja de roupas, eletrônicos, eletrodomésticos, cosméticos, absolutamente tudo...

Hoje fui lá conferir e realmente vale a pena ;-)

É isso, bye, Sílvia

quarta-feira, dezembro 19, 2007

Luzes de Natal

Edmonton está bem decorada para o Natal. Ruas, avenidas, praças, lojas, shoppings, parques por toda parte tem decoração...
Vou ressaltar duas decorações que são as nossas preferidas:

Aqui vão algumas fotos que batemos na Candy Cane Lane




Bye, Silvia

domingo, dezembro 16, 2007

Festas de fim de ano



Assim como no Brasil, aqui temos tido muitas festas em comemoração ao Natal. É festa do trabalho (festa com os usúarios, com a equipe de desenvolvimento, com os consultores, para os filhos dos funcionários...), festa da creche do Dudu, festa da associação dos brasileiros, confraternizações com os amigos... desde novembro que temos participado de festas e ainda teremos outras.
Nessa publicação vou colocar fotos da festa de fim de ano do trabalho do Luciano para os filhos do funcionários. A empresa alugou o parque de diversões do shopping West Edmonton Mall (http://www.westedmall.com/play/galaxyland.asp) no domingo passado, 09 de dezembro, e podíamos brincar em qualquer brinquedo do parque, bater foto com o Papai Noel, brincar com os palhaços... também foi servido lanche, enfim, foi muito legal!



É isso, bye, Silvia

sábado, dezembro 15, 2007

Nevando

Não sei quantos de vocês já tiveram a oportunidade de ver a neve caindo... eu acho lindo!! Estou publicando um vídeo rápido que fiz ainda agora da janela aqui de casa. Parece chuva mas o que está caindo são floquinhos de neve.

Bye, Silvia


video

sábado, dezembro 08, 2007

Inverno - Roupas


Vou escrever um pouco sobre como se vestir para suportar o friiiioooo que tem feito aqui e como se vive nesse ambiente mais do que gelado....

Em primeiro lugar, parece estranho para a maioria das pessoas que nunca estiveram em um lugar realmente frio, mas TODAS as casas, apartamentos, lojas, shoppings, onibus, carros, qualquer coisa, tem aquecimento. Não se trata de uma lareira para aquecer apenas um dos ambientes da casa, mas sim de aquecimento central, similar a um ar-condicionado central que tem no Brasil. E para esse fim se pode regular a temperatura que se deseja. Na nossa casa, por exemplo, deixamos a temperatura regulada em 22 graus e fica assim dia e noite. Normalmente usamos short, camiseta normal dentro de casa. Sim, e não temos qualquer problema para tomar banho (hehehehe, já me perguntaram isso), ok?

Apesar do frio muito intenso que se faz ninguém fica em casa, especialmente porque o inverno não dura só um dia ou uma noite mas sim uma estação de ano inteira e um pouquinho mais, aqui o inverno leva entre 3 e 4 meses. Com um pouco de disposição e as roupas certas, dá para curtir o inverno ao ar livre, apreciar as paisagens congeladas, eu particularmente acho a neve linda, e praticar esportes de inverno.
Antes de falar sobre a roupa especificamente eu queria falar duas coisas: a roupa de inverno, assim como a roupa normal, tem modelos para prática de esportes e para ambientes mais sociais com aparência completamente diferente, ok?, e a segunda coisas é que existem dois materiais que são muito usados em roupas de inverno: um é o fleece e outro é a pena de ganso. O fleece, não sei como é o nome em português mas o Dudu tem uma manta que eu comprei na feira do bebê em Brasília que é feito dele, não é material grosso, lembra flanela mas é mais sintético, ele é capaz de guardar o calor produzido pelo corpo, ajuda a aquecer e faz a maior diferença. Algumas roupas já vem com ele como forro mas você pode comprar separado. E a pena de ganso serve para revestir os agasalhos e da mesma forma que o fleece serve para manter a temperatura do corpo.

Aqui uma foto do Dudu preparado para sair para brincar na neve:


Detalhes sobre alguns itens do vestiário muito importantes:

Casaco - São inúmeros os modelos disponíveis e nesse caso é preciso considerar bem o frio que deseja que ele suporte. Tem com pena de ganso, com ou sem fleece, que protege melhor do vento ou não, longo ou curto, com capuz ou sem capuz... O dificil é escolher o modelo!

Casaco com capuz, parte interna forrada com o fleece e luvas ligadas.

Luvas - existem dois tipos de luvas, as que tem as separações dos dedos (chamada em inglês "glove") e a sem separação dos dedos (chamada "mitten"). As sem separação dos dedos aquecem mais. Normalmente as luvas para crianças pequenas são sem separação para os dedos mas eu mesmo tenho sem separação. As luvas para crianças pequenas também vem com uma ligação (as vezes um cordão) entre as luvas, isso não é para ser recortado quando chegar em casa, serve para não perder a luva, para usar é só passar esse cordão por dentro da roupa e passar as luvas pelas mangas do casado, serve para as crianças não perderem as luvas. Não precisa dizer que isso é muito fácil de acontecer ;-) Alguns modelos de luvas sem separação de dedos para adultos permitem serem abertas e nesse caso os dedos ficam de fora, isso é útil para dirigir, pegar alguma coisa...

Luva com e sem separação dos dedos. A sem separação tem a opção de abrir e liberar os dedos.

Gorro / protetores de Orelha - O gorro é um item importantissimo, alguns gorros tem também proteção para as orelhas e prendem em baixo do pescoço. Gorro para criança normalmente tem isso para ajudá-los a manter o gorro na cabeça. Outra boa função do gorro é proteger de queimadura, o frio intenso pode queimar o casco da cabeça (fica parecendo que a pessoa pegou muito sol na praia). Caso não esteja muito frio pode ser que um protetor de orelha seja suficiente. Andar com um frio de -20C doe muito as orelhas, fica até parecendo que tá pegando fogo, é bom sempre protegê-las.

Dois gorros com proteção para a orelha e que fecham em baixo. São do Dudu. Um mais social e outro bem esporte.


Cachecol - Um cachecol é importante para proteger o pescoço e garganta, se estiver muito frio dá para puxar ele um pouquinho mais e serve também para proteger o nariz e a boca. Tem vários modelos: longos que pode dar várias voltas no pescoço podendo ser de lã, fleece, tecidos mais leves, e um mais esportivo que se parece com cinto com uns 20 centímetros de largura, de fleece, o Dudu na foto acima está usando. Algumas pessoas usam a balaclava, que é uma máscara que só deixa os olhos de fora, parecido com que os pilotos de Fórmula 1 usam. Temos as nossas balaclavas também, Luciano usa quando sai para limpar a neve ao redor da casa.

Um cachecol longo de lã e um esportivo de fleece.

Calça de neve - São calças impermeáveis com forro, usada mais para brincar ou praticar esportes na neve.

Calça de neve com forro de fleece modelo infantil.


Long Johns (ceroulas) - São calças mais justas para serem usadas por baixo da calça normal. Funciona como uma meia-calça. Os modelos ideais só aquecem quando o corpo precisa, se o ambiente está quente ela até esfria um pouco. Essas calças são muito úteis para o dia-a-dia.

Botas - Item muito importante, andar num frio polar sem proteger os pés é muito ruim, sem contar que pode escorregar. As botas para neve, normalmente feias e pesadas, tem um solado para não escorregar e são impermeáveis. Para comprar esse tipo de bota é preciso prestar atenção quanto frio ela agüenta, as nossas suportam até -35C, mas existem outras que agüentam até mais. Existem também os modelos de bota que são de couro com forro para aquecer e solado antideslizante, essas são mais sociais.


Uma bota do Dudu e uma minha. Veja como a minha é feminina ;-)


Esses equipamentos devem ser comprados em países onde realmente tem inverno. Um casaco ou bota para o frio do Rio Grande do Sul vai ser muito útil aqui apenas primarive/outono. Ele não vai aquecer o suficiente e ainda por cima comprar no Brasil pode sair mais caro. Por isso, se estiver planejando uma viagem para um lugar frio, deixe para comprar as roupas de frio por lá ;-)

É isso. Bye, Sílvia.

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Canadense não entende nada de futebol.


Oi pessoal estamos de volta, no corre-corre estamos sem tempo de escrever.
Como já falei em um post anterior estou no time de futebol da empresa. Agora estamos na época do torneio indoor (quadra coberta) jogar ao ar livre com temperatura de -20C não tem condição. Pois bem, semana passada acabou o torneio do Outono, seria o equivalente ao primeiro turno de um campeonato, em Janeiro começa o torneio do Inverno. O campeão do torneio do Outono joga com o campeão do torneio do Inverno para decidir o campeão do torneio indoor.
O nosso time sagrou-se campeão do primeiro turno, em 11 jogos, fizemos 77 gols e não perdemos nenhuma uma partida. Se ganharmos o torneio do Inverno seremos os campeões da temporada.
Ontem a noite foi a cerimônia de entrega dos prêmios, ganhamos o nosso troféu, muito bonito e teve também as premiações individuais, artilheiro, melhor passador, melhor goleiro, etc. Eu ganhei dois prêmios, melhor driblador e o jogador mais fair-play, não fiz nenhuma falta o torneio todo. Entenderam porque canadense não entende de futebol. :-)
Abraços a todos.

quinta-feira, novembro 29, 2007

Rapidinhas do Aventura Canadense....


Alguns comentários rápidos sobre a semana.

Ontem (Terça-Feira) foi a final do concurso "Dancing with the Stars" nos Estados Unidos, como falado no post anterior. A final foi entre o brasileiro Hélio Castro Neves e a ex-spicygirl Mel. E deu Brasil. Hélio ganhou o concurso e ainda foi declarado o Sr. Simpatia.

Ontem também foi divulgado o IDH 2007, Índice de Desenvolvimento Humano, o Canadá que já foi várias vezes o primeiro da lista e que ano passado estava em 6 lugar subiu este ano para a 4a. posição, o Brasil infelizmente caiu uma posição, e ficou em 70. Isso quer dizer o quê? Depende de quem ler, os números não mentem, mas podem ser lidos de várias maneiras. Mas a conclusão mais rápida que se chega é que aqui no Canadá a distância entre as classes (baixa, média, alta) é bem menor que no Brasil.
E por último, o frio e a neve chegaram de vez aqui em Edmonton, essa semana a temperatura mais alta será de -12C, eu não digitei errado, 12 graus negativos de máxima, a mínima prevista é de -29C. A cidade tá coberta de neve e o frio é pra valer, depois conto os detalhes de como é o dia-a-dia em um congelador.
Abraços,
Luciano.


quinta-feira, novembro 22, 2007

Dançando com o Artista


Um programa de TV muito famoso por aqui é o “Dancing with the stars”. É semelhante ao "Dança dos Famosos" que passa aos domingos no Faustão e aqui é exibido pela CTV todas as segundas e terças às 21:00 (horário de Edmonton). No site da TV americana ABC tem mais informações sobre o programa. O pessoal do meu trabalho A D O R A essa atração e o desempenho dos artistas é o assunto de muitas conversas.

Mas para mim o melhor do programa é que o brasileiro Hélio Castroneves, piloto da IRL(Indy Racing League) nos Estados Unidos, é um dos participantes e ontem foi classificado para a final que irá ocorrer na próxima semana. Além dele, Melanie Brown, a Mel B das Spice Girls, e Marie Osmond, atriz americana, estão na final.
Hélio Castroneves e a coreógrafa Julianne Hough

Ontem a noite, quando estavam apresentando os bastidores do programa, mostrou ele ensaiando para a sua apresentação e no fundo da sala tinha estendida a bandeira do Brasil-sil-sil!

Na final, próxima segunda-feira, com certeza estarei na frente da TV para assistir ao programa e de dedos cruzados para o Hélio ganhar ;-) .


Bye, Silvia

quarta-feira, novembro 21, 2007

A neve chegou....


Hoje a neve chegou aqui em Edmonton, não foi muita neve, foi o que eles chamam de flurry, que é uma neve fraca, mas já foi o suficiente para deixar a cidade bem branquinha e para tirarmos fotos.


Esse ano a neve tá demorando muito a chegar, já tem gente reclamando pois não tá dando para esquiar ainda.


Além do frio que já chegou tem alguns dias, a neve traz com ela algumas situações que temos que ter cuidado, principalmente nós amadores no assunto.

1) Dirigir. Dirigir na neve até que não é grande o problema, parece que você tá dirigindo na areia, pode até atolar, o problema é quando a neve derrete e vira gelo, aí tem que ter muito cuidado, se o motorista for imprudente e não tiver com os pneus especiais, perde-se o controle do carro fácil, fácil.

2) Caminhar. Parece uma coisa tão simples, mas mais uma vez se tiver gelo e seu sapato tiver o solado liso, uma abraço, antes de você perceber já tá com a bunda no chão. Os sapatos de inverno tem o solado bem irregular, parece com uma chuteira de futebol society.


Algumas fotos de Edmonton hoje, terça-feita, 20 de Novembro (são 27 fotos):




sábado, novembro 17, 2007

Sistema de Saúde Canadense


Nessa publicação vou falar um pouco sobre o sistema de saúde canadense e especialmente salientar os pontos onde ele é bem diferente do nosso no Brasil...

Para iniciar no Canadá não existe sistema privado de saúde, todo o sistema de saúde é 100% administrado pelo governo. Isso não quer dizer obrigatoriamente que ele seja gratuito. Em algumas províncias do Canadá isso até ocorre, por exemplo Quebec, mas aonde moramos temos que pagar uma mensalidade. Aqui em Alberta paga-se $44,00 individual ou $88,00 por mês pela família (incluindo filhos com até 21 anos de idade ou 24 anos caso ainda seja estudante) e se chama Alberta Health Care (Favor ler nota no final do post, o Alberta Health Care agora eh gratuito). Dependendo dos seus rendimentos anuais esse valor pode ser menor, podendo chegar a ser gratuito. O que se diz sobre as províncias que o serviço é gratuito é que o atendimento tem qualidade inferior e filas de espera maiores e onde o serviço não é gratuito o atendimento é melhor.

O sistema de saúde funciona muito parecido com um plano de saúde privado como conhecemos porque nele existe a mensalidade (Alberta), pode ter carência, serviços cobertos ou não e uma carteirinha. A carteirinha é a primeira coisa que voce deve apresentar quando chega em um estabelecimento para ser atendido (A carteirinha nada mais é que um papel que não é plastificado e nem tem foto).

Carteirinha do Alberta Healh Care


Existem muitas discussões e debates sobre sistema de saúde público e privado por aqui, especialmente acalouradas por empresas privadas que gostariam de passar a atuar aqui e por pessoas insatisfeitas pelos serviços recebidos. No entanto, o Canada é relutante e se mantém firme em ter o serviço apenas público. Para quem é a favor da mudança diz que assim vai ter atendimento melhor, mais disponibilidade para ser atendido, poder escolher médico que irá e outras coisas, e para aqueles que são contra principal justificativa é o fato de que a privatização pode encarecer muito o que se paga.

Além disso existem detalhes muito interessantes sobre o sistema de saúde:

  • As pessoas que tem direito, ou seja livre acesso para usar o sistema de saúde, são apenas os cidadãos ou imigrantes legais e moradores da província em questão. Como eles sabem disso? Através da carteirinha, se você não estiver com ela não tem como provar que você tem direito a esse serviço. Em caso de viagem para outra província, pode-se usar a carteria de saude daqui, exceto se for viagem para Quebec, no caso de viagem para lá para ser atendido é preciso primeiro pagar o atendimento/consulta, na volta para Alberta, pode-se pedir reembolso desse valor. Pessoas em viagem turística vindas de outro países o atendimento pode ser bem caro, dependendo do que se for fazer, e antes de te atenderem eles irão te pedir o seu cartão de crédito. Por isso uma dica para quem está planejando viagem para cá, faça um seguro de saúde antes de vir.

  • Um benefício que normalmente as empresas oferecem aos seus funcionários é pagar parte ou 100% do serviço de saúde dos funcionários. No nosso caso o meu paga 100%.

  • O valor pago na mensalidade independe da idade das pessoas que irão usufruir do servico.

  • Aonde estamos não tem carência para início do uso dos serviços. Na província de Ontario a carência é de três meses, não sei dizer que outras teriam ou não carência. Essa informação é importante para quem vem como imigrante porque se tívessemos ido para Toronto ( Ontario ) teríamos que pagar um seguro de saúde para gente pelo período de 3 meses até podermos usufruir dos servicos médicos regulares.

  • O que a mensalidade do sistema de saúde NÃO cobre? Serviço de ambulância (algumas províncias não cobram por isso também), dentista, medicamento (para algumas doenças como cancêr ou para os idosos o sistema normal de saúde também cobre os medicamentos), quarto individual em hospital, gastos com compra de óculos ou lentes, uso de serviço médico durante viagem (valor integral gasto em servicos durante viagem para outro país). Para ter direito a esses serviços também você pode pagar para uma empresa privada, se desejar, um valor complementar por mês. Aqui pelo que já vi é em média $140,00 pela familia (se incluído plano dentario). O meu trabalho também paga por esse beneficio. Exemplo de empresas que oferecem esse serviço aqui: Sun Life e Alberta Blue Cross .


Carteirinha do Sun Life Financial

  • Aqui também existem campanhas de vacinação da mesma forma que no Brasil, com o foco nas crianças e idosos mas que são válidas para pessoas doentes, grávidas, etc., no início do outono recebemos uma carta do governo dizendo que tinhamos uma criança com menos de 2 anos em casa e era importante vaciná-la contra a gripe, e ainda os locais e horários para vacinação.

  • Caso um médico requisite algum exame, por exemplo de sangue, é preciso ligar para uma clínica, marcar dia e hora (algumas atendem todos os dias da semana, até nos domingos). Você vai lá no dia, mostra a sua carteirinha e você faz o exame. No entanto, diferentemente do Brasil, esse exame é enviado diretamente para o médico, você não tem acesso a ele. Caso o exame tenha sido tudo 100% o médico não vai te procurar para dizer nada. Só irá entrar em contato se o exame tiver apresentado algum problema que exija tratamento. Por isso, não é boa notícia receber ligação do médico para ir ao seu consultório depois da realização de um exame ;-)

  • Para as crianças, não sei se isso também se aplica aos adultos, existe um programa (de computador) de saúde que médicos, hospitais, clínicas, tem acesso onde eles podem consultar todo o seu histórico, exames, medicamentos…

  • Aqui no Canadá, você não escolhe o médico especialista que quer ir. Por exemplo a situação: "amanhã vou ligar para marcar para ir ao médico com especialidade X, Y ou Z porque não estou me sentindo bem." Aqui não funciona assim. Exceto para crianças que tem o pediatra e grávidas que tem obstetra, todo o restante da população tem um “médico da familia” que é um clínico geral. Primeiro você tem que fazer uma consulta com ele e ele pode te encaminhar ou não para um especialista se achar que você precisa, nesse caso, é preciso uma requisição dele para isso.

  • Se você se utilizar de um serviço que não é coberto pelo sistema de saúde, por exemplo a ambulância, depois eles enviam a continha para a sua casa, e mandam mesmo.

    Particularmente acho o sistema de saúde daqui muito bom. Até o momento, só estamos morando aqui a 5 meses, todas as vezes que precisamos fomos muito bem atendidos por excelentes médicos. No Brasil, tínhamos plano de saúde, que na verdade era usado para exames médicos porque os médicos que íamos só atendiam particular e era bem caro.
É isso, mais um pouquinho do Canadá.

Bye, Silvia

PS:
1) Desde 01 de janeiro de 2009 o Alberta Health Care eh gratuito para toda a populacao. Esse post foi escrito antes dessa data, por isso a explicacao dos valores acima.

2) Tem um medico pediatra brasileiro que trabalha no Stollery Hospital de Edmonton, dr. Daniel Garros, eu nao o conheco, mas outro dia li o depoimento dele e achei interessante porque eh a visao de um medico sobre o sistema de saude daqui, alem disso ele tambem fala como eh a questao de reconhecimento do diploma de medico no Canada. Vale a pena ler:
 http://www.salton.med.br/index.php?id_menu=entrevista&idioma=portugues&id_entrevista=44 .

terça-feira, novembro 06, 2007

Preparativos para o Inverno


Uma das coisas mais críticas quando se pensa em Canadá é o inverno. Quando ainda estávamos no Brasil, sempre que falávamos que vínhamos para cá, a notícia era sempre recebida com brincadeiras e piadas sobre frio, inverno, neve... felizmente a verdade é melhor, além do inverno existem as outras estações ;-)

Mas enquanto o inverno não chega, deve vir muito em breve porque a temperatura média já baixou bastante, a hora é de se preparar porque ele realmente é forte. Especialmente onde moramos, Edmonton que não fica no norte do Canadá mas é um pouco mais ao norte que outras cidades, como Vancouver, que tem o inverno menos intenso. Aqui chega a dar -35 graus! Não consigo imaginar como deve ser isso mas com certeza é coisa de louco. O que dizem sobre Edmonton, em revelia de outras cidades menos frias, é que aqui os dias são sempre bonitos, ensolarados e com o céu azul, apesar do frio intenso. Vacouver, conhecida como Vanchouver, quase sempre chove e não tem os dias muito bonitos.

Enfim, aqui vão os preparativos que nos indicaram fazer considerando que moramos em casa, não em apartamento:
  1. Na Casa
  • Troca do tanque de aquencimento de água - a proprietária da nossa residência trocou o nosso tanque porque ele estava meio velhinho e podia apresentar problemas
  • Limpeza dos dutos de aquecimento da residência, é a mesma coisa de ar-condicionado central, de tempos em tempos precisa ser limpo.
  • Lavagem do carpete - afinal ninguém merece um carpete sujo e a pessoa ficar respirando ar sujo o tempo todo.
  • Limpeza dos vidros das janelas (por fora) - por uma questão óbvia, se for fazer isso durante o inverno, a água vai congelar e você não vai conseguir limpar nada ;-)
  • Pá para limpar a neve ao redor da casa - é nossa obrigação limpar a neve ao redor da casa. Se alguém sofrer acidente aqui podemos ser processados.
  1. Roupas
  • Nosso primeiro ano aqui, tivemos que comprar muitas roupas. Mas aqui se usa o estilo cebola, camadas e mais camadas de roupa. Explico: todo lugar que você chega é aquecido (em média uns 22 graus) e não tem como ficar com a roupa que se usa para suportar o super frio. Se engana quem pensa que no inverno só precisa de roupas muito quentes, precisa das outras também porque é com elas que você passa a maior parte do tempo
  1. Carro
  • Pá para tirar neve - tirar neve de cima do carro, ao redor dos pneus.
  • Fluido para limpeza do parabrisa - tem um liquido especial que deve ser colocado no limpa vidros do carro porque senão ele congela.
  • Cabo para ligar o motor do carro na tomada para ele aquecer - hehehehe, esse ninguém deve conhecer, mas com o frio intenso o motor do carro não esquenta de jeito nenhum, é preciso ligar o carro numa tomada para ele dar uma esquentadinha. Acredita?


    Foto de um estacionamento ao ar livre onde tem a tomada para ligar o cabo do carro para ele aquecer.

    A tomada do estacionamento, agora mais próxima.

  • Dispositivo para acionar o carro à distância pra ele ir aquecendo antes de você chegar nele
  1. Saúde
  • Humidificador - o uso continuo do aquecedor faz com que os ambientes fiquem com umidade baixa. Assim, tivemos que comprar 2 humidificadores, uma para nós e outro para o Dudu.
  • Vacina para gripe - umas 2 semanas atrás houve uma campanha de vacinação do governo e crianças de até 23 meses, pessoas que convivem com crianças e vários outros casos podem tomar sem pagar. Se você não fizer parte desses casos tem que pagar $25,00. Mas muitas empresas fazem a mesma campanha, na minha e do Luciano houve vacinação para os funcionários.

Por enquanto é isso, nós já fizemos o nosso dever de casa, estamos prontos. Ao longo do inverno eu conto mais.

Bye, Silvia

domingo, novembro 04, 2007

Horário de Verão

Hoje chegou ao fim o horário de verão aqui na América do Norte, Canadá e Estados Unidos, com isso nossos relógios foram atrasados em 1 hora, a diferença agora é de 5 horas para Brasília e 4 horas para o Nordeste. Sim, um aviso aos desavisados, horário de verão em inglês não é "summer time", é "daylight saving time".
Abraços.

quinta-feira, novembro 01, 2007

Boo Halloween !!!


Hoje foi o Halloween aqui no Canadá, é uma festa de fantasias e doces. O pessoal leva a sério mesmo a brincadeira, hoje pela manhã quando estavamos indo para o trabalho cruzamos com várias pessoas na rua indo trabalhar fantasiadas, era fada, abelha, tartaruga ninja, pirata, diabo, e tudo mais que a imaginação permitir. Quando cheguei na empresa as recepcionistas estavam fantasiadas, uma de fada e a outra de joaninha. No trabalho de Sílvia a chefe dela levou o cachorrinho e claro ele também estava fantasiado. É assim, a cidade fica toda fantasiada para a festa.

No final da tarde é a hora da criançada. Elas batem nas portas para pedir doces, segundo o pessoal nos falou as crianças vão fantasiadas e com uma fronha ou balde pequeno para colocar os doces, elas falam "tricks or treats" (truques ou balas) ou então falam "Halloween apple", muito antigamente se dava maças no lugar das balas. Dizem também que quem tem criança é de bom tom ir pelo menos na casa dos vizinhos do lado pedir balas, então nos fomos com Dudu. Quem tá entregando os doces pode pedir para as crianças cantarem uma música, mas quem pede escolhe. Como não sabemos nenhuma música entregamos os doces sem essa exigência.

Para entrar no clima nós enfeitamos a casa, fizemos as abóboras e preparamos 30 saquinhos com chocolates. Pensamos que era muito, mas no nosso caso não deu, os saquinhos acabaram, mas ainda tinhamos chocolate, entregamos todos, até os que Dudu tinha ganho na festa da creche, ao todo vieram 48 crianças bater na nossa porta, todas fantasiadas, muito legal. Quando acabou nosso estoque apagamos as luzes da casa, é o sinal que ali a festa já acabou.

No trabalho de Sílvia uma pessoa falou que na casa dela sempre vai mais de 100 crianças no Halloween. Esse ano as crianças tiveram a vantagem de não está nevando, dizem que o comum aqui é nevar no Halloween, esse ano não nevou, a neve tá prevista apenas para o dia 9 de Novembro.

Foi uma brincadeira legal, ano que vem vamos nos preparar melhor.

Abraços.

Abaixo algumas fotos da festa.


As abóboras que preparamos.
Votem na melhor (1), (2) ou (3) da esquerda para a direita.



Abóboras na versão nordestina






Dudu com o pai, essa foi a fantasia dele para festa na creche.


O Urso Pooh e a mãe dele.


Outra com a mãe.


O urso Pooh na vizinhança



Dudu pedindo balas no vizinho.
(os sacos laranja estão cheios de folhas, eles são temáticos, tem cara de abóbora)


Agora no outro vizinho.


Mais uma do Urso.


Outra com a mãe, agora em frente a toca.


Entregando doces com o papai.


Depois que acabaram os saquinhos, entregamos os doces nessa cesta em forma de teia de aranha.


Aqui algumas crianças que vieram nos visitar.